Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Morango, Batom e Chocolate

Morango, Batom e Chocolate

  • Favoritos do mês de Julho com "Aqui para nós..."

    Após ter falhado no mês de Junho com os favoritos do mês (apenas porque não tive mesmo nenhuns), este mês de Julho volto em grande com estes ESSENCIAIS DE VERÃO, vamos lá então? 

      

    unnamed.jpg

     

     

     Óleo Radiance - Trésmme 

     

    O sol também agride e danifica o nosso cabelo, por isso depois de todo o processo "Dia de praia" não dispenso de hidratação nos meus caracóis e coloco sempre um pouco deste óleo nas pontas para que não fiquem secas e estragadas. 

    Já vos falei deste fofinho num post - Produtos que uso no meu cabelo - clica aqui e descobre mais

     

    Produtos La Roche-Posay

     

    Nos favoritos do mês de Maio falei nestes dois amores, vê aqui o review 

     

    Halibut - pomada para assaduras

     

    Como tenho as pernas gordinhas acabo por estar sempre a ficar "assada" com o calor (acontece muito no verão e no trabalho porque ando sempre de um lado para o outro), por isso mesmo comprei esta pomada. É óptima porque é "gorda" e alivia e cuida muito bem, não é por acaso que é recomendada para os bebés. 

    Podem adquirir em qualquer farmácia e parafarmácia. 

     

    Gillete Venus Breeze 

     

    Antes tinha a mania de usar qualquer gilete para a minha depilação, mas um dia fez-se um click e pensei - "Não, vou investir em algo realmente bom". Comprei esta menina num hipermercado e estou super satisfeita, tem 2 abas com uma espécie de sabonete que permite uma hidratação na pele e não fico com aquelas marcas de depilação acabada de fazer (tipo pele de galinha que arde - espero que estejam a perceber ahahah) que quando vou à praia e entro no mar começa logo a arder. 

     

    Garnier Ambre Solaire 

     

    Óleo Bronzeador 

     

    Este óleo é vida, adoooooro demais. Tem um cheirinho fabuloso e dá um bronzeado espetacular. 

     

    After Sun 

     

    O leite hidratante após o sol é igualmente cheiroso e deixa a pele realmente hidratada e fresca, e protege muito bem das agressões do sol. E contém aloé vera, que é sem dúvida uma das melhores coisas que existem no que toca a proteção e hidratação. 

     

     

    Estes são os meus essenciais/favoritos de julho e do verão 💥

    Quem também usa alguns destes produtos? Digam me se partilham da mesa opinião que eu!!

     

      

    Cuidem bem da vossa pele todo o ano, mas tenham especial atenção no verão, porque os raios UV são muito agressivos e podem criar mazelas na vossa saúde. E bebam muuuuita água!!!

     

     

     

    São Miguel, Açores - Dias 6 e 7 - Último post sobre a viagem!

    Olá olá!!!
    Como estão?! Tudo bem com vocês?

     

    Hoje venho trazer-vos o último post sobre a minha viagem aos Açores.

    Nestes últimos dois dias ainda tínhamos bastante para ver e para fazer, por isso, decidimos fazer o máximo que conseguimos no penúltimo dia, para que no último pudéssemos aproveitar para relaxar um pouco e para que não houvesse tanta correria, porque queríamos chegar a casa cedo para descansarmos (porque o voo era no dia seguinte bem cedo).

     

    Dia 6

     

    Bem, no penúltimo dia, decidimos então começar por ir ao Miradouro da Ponta da Ferraria, onde pudemos ver o Farol da Ferraria e de onde vimos o mar, as termas e as piscinas naturais.

     

    1.jpg

     

    Assim que saímos do Miradouro, fomos para a zona das termas e das piscinas naturais, e digo-vos uma coisa... as piscinas naturais são algo de ESPETACULAR!!!

     

    2.jpg

     

    Apesar de, quando lá fomos, a água estar um pouco agitada, percebeu-se que era um local maravilhoso. As águas eram super limpas, azuis... era perfeito. Têm mesmo de ir lá!!

     

    Logo após o almoço, fomos em direção ao Miradouro da Vista do Rei, que é o miradouro mais conhecido de São Miguel, pois é deste ponto que se pode ver a tão conhecida Lagoa das Sete Cidades.

    Neste local podemos encontrar também o Hotel Monte Palace, que é um hotel abandonado já há muitos anos e com uma história fantástica.

     

    3.JPG

     

    Neste hotel, é permitida a entrada e podemos ver tudo o que quisermos do seu interior. Se forem como eu, ao andarem pelos quartos (muito devolutos) e pelos corredores, vão imaginar as histórias que se lá passaram.

     

    4.JPG

     

    Aconselho vivamente a subirem ao terraço do hotel, porque terão uma vista mega privilegiada da envolvente, bem como da Lagoa das Sete Cidades.

     

    O ponto seguinte foi o Miradouro do Cerrado das Freiras.

     

    5.JPG

     

    Parámos neste local apenas porque aqui dá para perceber melhor a diferença das tonalidades da água da Lagoa das Sete Cidades, e aproveitámos para tirar imensas fotos.

     

    Em seguida fizemos uma pequena paragem nas Sete Cidades, onde visitámos a igreja, e fomos também à magnífica Lagoa do Canário que está situada numa cratera vulcânica a 800m do nível do mar.

     

    No final do dia, depois de termos regressado a casa e descansado um pouco, fomos comer um belo crepe!

     

    6.jpg

     

    Eu juro!! Vocês não têm noção do que é este crepe! É SUPER MEGA ULTRA DELICIOSO!

    É feito na hora, e no interior tem uma bola de gelado dos Açores (do sabor que vocês escolherem). É mesmo muito bom, a sério!

    Se quiserem saber o local onde fomos comer esta delícia, perguntem nos comentários que eu explico tudinho!

     

    Dia 7 - O último dia!

     

    Como já referi, optámos por não sobrecarregar tanto o último dia com visitas, para podermos descansar um pouco.

    Então, começamos o dia por fazer uma visita rápida ao Miradouro da Tromba do Elefante

     

    a.jpg

     

    Este é um miradouro bastante particular e muito engraçado, pois, como o próprio nome indica, as rochas assemelham-se ao formato da cabeça de um elefante.

     

    Junto a este miradouro, podem encontrar o Miradouro do Navio, onde podem tirar ótimas fotos!

     

    b.JPG

     

    Em seguida, fizemos uma visita à Gorreana, que é não só a mais antiga, como atualmente a única plantação de chá da Europa.

     

    c.jpg

     

    Nesta visita, pudemos provar chá gratuitamente, bem como ver toda a história das plantações e como se processa a produção do chá. Foi super giro!!!

     

    Por fim, o último ponto que visitámos, e aquele onde ficámos mais tempo para relaxar, foi a Caldeira Velha.

     

    d.jpg

     

    Este é um parque semelhante à Poça da Dona Beija, pois tem piscinas naturais de água quente (uma a cerca de 25º e outra a 38º). É excelente!!! E, ao contrário da Poça da Dona Beija e do Parque Terra Nostra, aqui só se paga 2€ de entrada, o que é ótimo!

     

     

    E pronto, foi desta forma que terminámos o dia, e também a viagem aos Açores.

    Adorámos a semana, e aconselhámos vivamente a visitarem esta ilha maravilhosa.

    Deixo aqui, como sempre, os vídeos correspondentes a cada dia.

     

     

     

     

    Espero que tenham gostado desta série de posts. Qualquer dúvida já sabem: deixem nos comentários!

    Até ao próximo post!

     

    Beijoca*

     

     

     

    São Miguel, Açores - Dias 4 e 5

    Olá olá!!! 

    Como estão?!

     

    Hoje trago-vos mais um post sobre as minhas férias nos Açores, mas desta vez decidi optar por juntar dois dias num só post, para não se tornar tão aborrecido e para resumir mais cada dia.

     

    Dia 4

     

    No 4º dia, quisemos seguir o roteiro, e começamos o dia por visitar a Ermida da Nossa Senhora da Paz. Para mim, este local está no meu Top 3 de sítios favoritos desta viagem.

     

    GOPR0468.JPG

     

    É um local maravilhoso, com uma vista deslumbrante sobre Vila Franca do Campo e sobre o ilhéu. A sua arquitetura é, no meu ponto de vista, extraordinária.

    Aconselho vivamente a visitarem!!! Na primavera ainda deve ser mais bonito porque está tudo florido... tenho mesmo de lá voltar!!

    GOPR0478.JPG

     

    Em seguida, fomos em direção ao Faial da Terra, mas como demorámos muito tempo na Ermida, já eram horas de almoçar e decidimos então parar pelo caminho na Lagoa das Furnas, onde fizemos um piquenique.

     

    GOPR0506.JPG

     

    Quando chegámos então ao Faial da Terra, começamos um percurso pedestre de 4.5km, até chegarmos à Cascata do Salto do Prego. Este percurso, apesar de ser muito menor que o do dia 2, também foi bastante cansativo porque o caminho era muito irregular (com pedras e lama pelo meio).

     

    GOPR0533.JPG

     

    Mas valeu muito a pena também!!! Durante o caminho vimos paisagens lindas, e quando chegámos ao final e vimos a cascata... que maravilha! Era maravilhosa!! Pena que estava muito fria, senão tínhamos dado uns mergulhos... o meu namorado ainda se atreveu a molhar os pés, mas eu nem isso eheheh

     

    No regresso a casa, parámos para tirar umas fotos no Miradouro da Ponta da Madrugada, que tem uma vista muito bonita sobre o Oceano e também quisemos parar no Farol do Arnel que foi o primeiro farol a ser instalado nos Açores.

    Aconselho-vos a deixarem o carro quando virem o sinal “Farol do Arnel” e a andarem 500m a pé. Podem ir de carro, mas a estrada é estreita e muito inclinada.

     

    Dia 5 - Para nós, o melhor dia 

     

    Bem, começamos logo de manhã por conhecer a Lagoa do Congro.

     

    20170218_122823.jpg

     

    É uma lagoa bastante calma, com muita vegetação na envolvente, e com água super limpa! É um sítio muito tranquilo e mesmo muito bonito!

     

    Assim que saímos de lá, parámos no Miradouro do Pico do Ferro, onde tivemos uma vista privilegiada sobre a Lagoa das Furnas (onde almoçámos no dia 4) e de onde podemos ver também as próprias Furnas, local para onde fomos a seguir.

     

    GOPR0591.JPG

     

    Já nas Furnas, pagámos 0,50€ por pessoa à entrada. 

    Adorei o sítio (apesar do cheiro horrível a enxofre!). Lá pudemos ver os senhores a retirarem as panelas com o Cozido e todo o procedimento envolvido. É um local super quente, devido à água a ferver que podemos ver por todo o lado. 

    Aconselho muito a visitarem, pois é um dos principais pontos turísticos da Ilha.

     

    GOPR0848.JPG

     

    No final do almoço fomos ao Parque Terra Nostra (onde tivemos que pagar 8€ cada um para entrar). Nós pensámos "É um pouco caro... será que vale a pena?!"... VALE! Vale mesmo muito a pena!

     

    Este é um parque natural, que nos oferece uma enorme coleção de espécies botânicas (na primavera deve ser perfeito). Nós fizemos a visita ao parque todo (seguindo o mapa que nos foi dado à entrada) e depois fomos para a melhor parte...

     

    GOPR0897.JPG

     

    ... a piscina de água quente ferruginosa!!!! É MARAVILHOSA!

    É uma piscina enorme de água termal QUENTE, onde podemos relaxar e acreditem: sabe mesmo bem! 

    A água, por ter ferrugem, pode tingir a roupa, por isso levem fatos de banho que não se importem de sujar. Valeu mesmo a pena!!!

     

    Para terminarmos o dia em beleza, fomos ao local que estávamos mais curiosos para experimentar: a Poça da Dona Beija!!

     

    GOPR0956.JPG

     

    Mais uma vez, um local com piscinas de água ferruginosa quente (entre os 27º e os 39º), que foi, sem dúvida nenhuma, o meu locar preferido da viagem!

    À entrada pagámos 3 ou 4€, mas foi o dinheiro mais bem gasto dos 7 dias! Aquilo é mesmo muito bom!!! 

    A melhor parte é que o horário de fecho é às 23h por isso, podem passar lá imenso tempo.

    Mais uma vez aconselho a levarem um fato de banho que já não utilizem muito, porque se podem sujar.

     

    Como sempre, deixo aqui os vídeos dos dias correspondentes!

     

     

     

     

     

    E pronto, foi este o (longo) post sobre o 4º e o 5º dias nos Açores.

    Espero que tenham gostado, e até ao próximo (e último) post desta viagem.

     

    Beijoca*

     

     

    São Miguel, Açores - Dia 3

    Olá Olá!!!

    Como estão as coisas por aí?

     

    Hoje venho trazer-vos o nosso roteiro do terceiro dia em São Miguel, nos Açores.

    Neste dia, ao contrário do dia 2, conseguimos fazer tudo o que tínhamos destinado fazer. Aconselho a fazerem este roteiro, pois desta forma ficam a conhecer uma boa parte da ilha num só dia.

     

    Começámos o dia (com chuva) no Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões, onde pudemos encontrar uma cascata magnífica, um jardim botânico, os antigos moinhos de água, uma loja de souvenirs e um café.

     

    Snapchat-1806594666.jpg

     

    É um parque magnífico, muito verde, com uma natureza invejável... é mesmo muito bonito! 

    A entrada neste parque é gratuita, mas no interior, para terem acesso a actividades como rapel, etc., têm de se inscrever e pagar uma quantia (creio que são 45€ por meio dia, mas não tenho a certeza).

     

    GOPR0365.JPG

     

    Como já referi, é um parque maravilhoso, onde podemos encontrar muitas famílias a passear e a desfrutar das actividades existentes.

     

    GOPR0400.JPG

     

    Em seguida, fomos em direção ao Miradouro do Salto da Farinha, local onde parámos para tirar algumas fotos e de onde se vê a cascata .

    Seguindo para a esquerda, encontrámos o Miradouro da Pedra dos Estorninhos, de onde pudemos ver a praia.

     

    20170216_145229.jpg

     

    Depois, voltámos a subir em direção ao Miradouro do Salto da Farinha e seguimos pelo caminho da direita, que nos levou à praia. 

    É possível fazer esse caminho (creio que são 500m) de carro, mas o desnível é muito acentuado, o que pode ser muito perigoso se a estrada estiver molhada ou se alugarem um carro pequeno com pouca potência para depois subirem.

     

    A próxima paragem foi a Praia dos Moinhos, local onde se pode tirar um tempo para relaxar. 

     

    GOPR0430.JPG

     

    Mais uma vez, uma praia de areia preta, típica dos Açores.

    Aqui encontrámos um restaurante/café, vestiários e um parque de estacionamento a 200 metros da praia.

     

    O ponto seguinte foi o Miradouro de Santa Iria, de onde pudemos ver uma grande parte da ilha.

    É um local perfeito para tirar fotografias panorâmicas. Ficam PERFEITAS!

     

    20170216_160422.jpg

     

    Terminámos o dia na linda cidade da Ribeira Grande onde visitámos o jardim botânico, a Igreja de Nossa Senhora da Estrela, a Igreja do Espírito Santo e a praia.

     

    Snapchat-1786119286.jpg

     

    É um sítio maravilhoso para se visitar, e, não sei se é comum, mas no dia em que nós fomos, encontrámos imensa gente pela rua e pelos parques.

     

    E foi assim o nosso terceiro dia na ilha de São Miguel. 

    Deixo aqui, como sempre, o vídeo deste dia, do canal do meu namorado.

     

     

    Espero que tenham gostado, não se esqueçam de ver os posts anteriores e os vídeos do 1º e 2º dias.

    Deixem a vossa opinião, tanto aqui no blog como no canal do Pedro, e subscrevam ambos para mais novidades!

     

    Fiquem bem, até ao próximo post!

     

    Beijoca*

     

     

     

     

     

     

    São Miguel, Açores - Dia 2

    Olá Olá!!! 

    Tudo bem com vocês!?

     

    No post de hoje venho mostrar-vos o nosso segundo dia na Ilha de São Miguel, nos Açores.

     

    Para este segundo dia, tínhamos pensado em seguir o roteiro que levámos planeado, mas tivemos de o alterar porque surgiu um contratempo que já vão perceber mais à frente.

    O primeiro destino do dia era a Lagoa do Fogo, então, pusemos as indicações no GPS e lá fomos. Pelo caminho encontramos uma praia que nos pareceu ser perfeita para tirar umas belas fotos e decidimos parar. Tínhamos mesmo razão... a praia era ótima para fotos: o tempo estava maravilhoso, a praia estava deserta... conclusão: "perdemos" quase uma hora a tirar fotos.

     

    GOPR0259.JPG

     

    Logo à entrada da praia há uma cascata que dá para o mar, onde nos fartámos de tirar fotos e de fazer vídeos. 

     

    GOPR0244.JPG

     

    Mais uma vez, tal como a Praia do Pópulo que visitámos no dia 1, esta é uma praia de areia preta, típica dos Açores.

     

    GOPR0270.JPG

     

    No fim da sessão de fotos, lá continuamos em direção à Lagoa do Fogo. Quando lá chegámos, vimos uma placa que dizia "Lagoa do Fogo, Caminho Pedestre, 6km" e nós pensámos "Bem, deve ser 3km para ir e 3km para voltar. Não é assim tanto.", deixámos o carro ao pé da placa e lá fomos a pé. Passados 30min de subidas super inclinadas (de terra batida) eu já estava a desesperar e a pensar se ainda faltava muito para chegar.

     

    GOPR0296.JPG

     

    Subíamos, subíamos, subíamos.... e nunca mais chegávamos. Juro que tentei desistir imensas vezes (porque o meu joelho já estava a reclamar), mas o meu namorado, apesar de estar mega cansado também, não me deixou voltar para trás e após mais ou menos TRÊS HORAS de subidas (com paisagens maravilhosas pelo caminho), chegámos à tão falada Lagoa do Fogo.

     

    GOPR0337.JPG

     

    Acreditem, apesar de me ter cansado imenso, valeu muito a pena o esforço. A paisagem é fabulosa, a água super límpida... é maravilhosa. Vale mesmo a pena cansarem-se um bocadinho (grande) e fazerem o percurso pedestre (também há um percurso para carros, pelo lado oposto ao que nós fomos).

     

    GOPR0350.JPG

     

    O único problema foi: mais ou menos 3h para subir, mais 1h e meia para voltar para trás, quando chegámos ao carro já era fim de tarde e já não conseguimos fazer o resto do roteiro que tínhamos planeado.

     

    Mas pronto, como o roteiro era para 5 dias e nós íamos estar 7 dias na ilha, tínhamos 2 dias a mais para compensar este que "perdemos" com o caminho.

     

    Deixo aqui o vídeo deste dia 2, espero que gostem.

     

     

     

    Não se esqueçam de deixar a vossa opinião nos comentários. 

    Até ao próximo post! 

     

    Beijoca*

  • GeraLinks